Trabalhar como freelancer: 7 sites para conseguir jobs como programador

A crescente demanda de trabalhos para programadores, o desenvolvimento da tecnologia e a vontade de se atualizar e ganhar mais experiência na área faz com que cada vez mais profissionais queiram trabalhar como freelancer, seja como complemento da renda ou como uma alternativa ao mercado de trabalho tradicional.

Afinal, além do retorno financeiro, há a oportunidade de montar seus próprios horários, adquirir e praticar seus conhecimentos em outra língua (em especial o inglês) e construir uma carreira que não estagne e esteja sempre em processo de crescimento.

Engana-se quem acha que para se tornar um freelancer é preciso ter um nível avançado de conhecimento. Na verdade, esta alternativa de trabalho pode ser justamente a oportunidade para aprimorar suas habilidades.

Por essa razão, reuni 7 sites em que você pode obter trabalhos freelance e dar seus primeiros passos para construir sua reputação nos mercados nacionais e internacionais. Confira!

1. Freelancer

Para começar nossa lista há um dos maiores marketplaces do mundo: o Freelancer. Ao todo, são mais de 24 milhões de usuários cadastrados que utilizam a plataforma, seja como um complemento ou como principal fonte de renda.

Não é à toa que há ofertas disponíveis em diversas áreas, como programação, HTML, processamento de dados, desenvolvimento de aplicativos e muito mais. Ao cadastrar seu currículo você pode participar de testes que certificam as suas habilidades em determinado segmento de atuação e aumentam sua visibilidade junto aos clientes.

Além disso, há também categorias que englobam concursos, serviços e programas de freelancer preferencial em que a comissão do site sobre cada tarefa realizada é inferior ao valor cobrado normalmente.

2. 99Freelas

Desenvolvido no Brasil, o 99Freelas é uma plataforma voltada para oferecer aos freelancers oportunidades de trabalho com empresas de diversos estados do país. Os projetos são bastante diversos em conteúdo e englobam áreas como TI, arquitetura, marketing, design e muito mais.

Logo que você se cadastra e completa seu perfil online está apto a oferecer seu trabalho nas atividades disponíveis para os segmentos escolhidos. Isto é, estipulando prazo, valores etc. Caso o cliente aceite, você é selecionado para desenvolvê-lo.

A cada tarefa concluída você ganha scores pelo seu desempenho e competência, o que aumenta sua visibilidade no site para aqueles que estão procurando profissionais que são destaque em cada área.

3. Toptal

Além dos sites já citados, você pode trabalhar como freelancer por meio do Toptal, uma startup norte-americana na qual eu atuo e que tem como premissa ter em sua plataforma apenas 3% dos melhores freelancers do mundo — escolhidos por meio de um intenso e criterioso processo seletivo.

Uma vez dentro, você tem acesso a um banco de atividades e projetos de diversos clientes — sejam eles de interface ou interação, por exemplo — separados entre os que são pagos por hora, por meio período e por período integral.

A partir disso você pode trabalhar angariando experiências internacionais e construindo um portfólio com grandes clientes, incluindo multinacionais. Outro ponto positivo da Toptal é que os ganhos são em dólar, o que torna o seu lucro mais vantajoso.

4. Scalable Path

Assim como o Toptal, o Scalable Path é uma rede com foco em clientes internacionais que procuram profissionais ao redor do mundo com habilidades específicas para as atividades que desejam, como desenvolvedores de iOS e Android, PHP, Frontend, JavaScript e muito mais.

Uma vez que eles elaboram seus projetos na plataforma, você pode se candidatar a eles. Porém, a grande diferença aqui é que é a própria equipe do Scalable Path que realiza testes e faz entrevistas consigo.

Assim, eles garantem que você é a pessoa mais adequada para realizar uma ou mais tarefas. Feito este processo, você passa a integrar um grupo seleto de freelancers que vai trabalhar com determinada empresa.

5. Workana

Outra opção de site para trabalhar como freelancer e ganhar uma grana extra é o Workana. Com foco na América Latina, ele disponibiliza milhares de projetos diários que vão desde a tradução de documentos e conteúdos até o desenvolvimento e programação de sistemas e apps para Android e iOS.

Uma vez cadastrado o seu perfil no site, você pode pesquisar por aqueles projetos que se adéquem às suas habilidades, além de comparar os que têm um orçamento fixo e os que são pagos por hora. Cada um deles conta com uma descrição e a nacionalidade do recrutador.

A partir disso, basta se candidatar ao trabalho e oferecer uma proposta pela sua realização. Caso ela seja aceita, você passa a integrar a tarefa e ao fim dela é avaliado pelo desempenho e resultado.

6. Upwork

Fora as sugestões anteriores, você também pode criar um perfil e anexar seu portfólio no Upwork e trabalhar com programação e desenvolvimento para mobile, JavaScript, Phyton, Magento, WordPress etc.

Afinal, o site permite que você pesquise por trabalhos disponíveis de clientes internacionais, sejam eles pagos por hora ou não, e lance uma oferta por aquele que deseja. Nela, devem estar informações como condições para realizar o projeto, o preço e a duração do serviço. Se a sua proposta for aceita, você realiza a tarefa e recebe em dólares. 

Além disso, a plataforma funciona por meio de conexões, isto é, créditos que permitem que você faça até uma quantidade “X” de ofertas por projetos mensalmente, renovando sempre a cada 30 dias. Contudo, é possível tornar-se também um usuário pago e obter algumas vantagens sobre os usuários gratuitos

7. Trampos.co

Por fim, há o Trampos.co, um marketplace nacional focado em disponibilizar oportunidades para os profissionais da área de TI, design e marketing. Para visualizar as vagas basta acessar o site e pesquisar em qual cidade você quer atuar e em qual segmento, seja programação, criação, mídia etc.

Caso você se interesse por alguma delas, pode se cadastrar e anexar o seu currículo e, é claro, o seu portfólio para que os recrutadores possam conhecer e saber mais tanto sobre a sua experiência quanto sobre os seus trabalhos anteriores.

Alguns dos diferenciais do Trampos.co é que além de inteiramente gratuito para o processo de cadastro e obtenção do job, ele conta com a possibilidade de encontrar vagas não apenas para trabalhos freelance, mas também estágio e até emprego.

Como você viu, existem diversas plataformas nas quais é possível trabalhar como freelancer, ganhar experiência, fazer networking e ainda ganhar uma grana extra. Por isso, aproveite as sugestões de sites que reuni neste texto e se cadastre neles!

Mas não se esqueça: realizar projetos freelance é diferente de atuar com outsourcing de TI, pois este último representa os prestadores de serviços contratados no regime de terceirização.

Gostou do assunto deste post? Então aproveite para saber mais sobre trabalho remoto e o que é necessário para trabalhar para empresas nacionais e internacionais!