Normalizar e-mail e uma característica dos provedores

normalizar e-mail

Hoje eu quero comentar um detalhe de implementação de e-mail muito interessante e como podemos contornar essa característica que temos em alguns endereços de e-mail.

Uma coisa que muita gente acredita é que nossos e-mails somente funcionam dessa maneira:

[email protected]

Um detalhe é que podemos adicionar alguns itens a mais nesse e-mail e aí depende do provedor permitir ou não esse e-mail.

No caso do Gmail nós conseguimos colocar alguma string qualquer na frente:

[email protected]

[email protected]

Nós podemos utilizar o primeiro exemplo em alguns sistemas, onde queremos criar mais de uma conta com o mesmo e-mail e também para verificar de onde veio esse e-mail.

Se eu cadastrei esse e-mail em americanas.com eu posso utilizar por exemplo:

[email protected]

Se a gente quiser construir um sistema e desconsiderar essas características de que cada provedor corrige podemos utilizar um módulo chamado normalize-e-mail, ele vai fazer exatamente isso, pegar esse e-mail que está sujo e, dependendo das normalizações que o provedor faz, vai fazer também:

yarn add normalize-email



const normalize-email = require('normalize-email')

console.log(normalizeEmail('[email protected]'))

console.log(normalizeEmail('[email protected]'))

Com isso ele vai fazer as devidas correções. É muito simples, porém muito útil.

Deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários. Curta o DevPleno no Facebook, se inscreva no canal no YouTube e cadastre seu e-mail para não perder as atualizações. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *